Nosso símbolo

A CRUZ, NOSSA ÚNICA ESPERANÇA!

 

 

As âncoras simbolizam a fixação do Amor Infinito no lenho da Cruz. Do lenho da cruz acredita-se brotar vida nova pelo fato da Ressurreição. A cruz é o feito do Amor infinito de Deus. Uma das âncoras é a fé do religioso no Mistério Pascal. A outra marca sua esperança na vitória do amor sobre o ódio.

A cruz simboliza também a vulnerabilidade do próprio amor. Quem mais ama é sempre o mais vulnerável. Foi o Amor infinito que deixou Jesus ser pregado na cruz. Se não fosse a nossa fé no poder do amor, a cruz seria um absurdo ou uma loucura (cf. 1 Cor 1,18.23). De um lado, Jesus está ancorado à vontade amorosa do Pai. De outro lado, ele está ancorado à humanidade pela sua encarnação e mergulhado no meio dos sofrimentos humanos numa operação salvadora.

O lema de nossa congregação é “SPES ÚNICA”, que se traduz como A CRUZ NOSSA ÚNICA ESPERANÇA. Este lema está simbolizado por nosso escudo a Cruz cruzada por duas âncoras. Para a Igreja Primitiva as âncoras eram símbolo de segurança e por isso de esperança. Para Padre Moreau a Cruz jamais devia ficar separada da Esperança que também nos trazia a morte e ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Como religiosos de Santa Cruz somos chamados a ser homens portadores de esperança desde a Cruz de Cristo. Vivemos, como Cristo uma existência pascal, pela qual a dor e uma vida nova nos conduz ao encontro pleno com Deus em nossa ressurreição.