Biografia Padre Dujarié

"Eu sou um sacerdote, a fim de ser um conforto para as viúvas,
Pai dos órfãos, Protetor dos pobres e Amigo dos doentes."


 

O fundador da congregação das Irmãs da Providência e do instituto dos Irmãos de São José nasceu em 9 de dezembro de 1767 em Rennes-en-Greouilles, Mayenne, França.

Filho mais velho de um pequeno proprietário rural, Jacques Dujarié teve, através do fervor cristão de sua mãe, o primeiro contato com a fé.

Aos onze anos começou seus estudos clássicos no colégio da cidade de Lassay e aos treze transferiu para Colégio e Seminário de Saint-Ouen, dirigido pelos padres Lazaristas, na cidade episcopal do Mans. E terminou seus estudos em Domfront no seminário dirigido pelos padres Eudistas. Assistido por educadores discípulos de São João Eudes, apóstolo da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, adquire um fervor que vai inspirá-lo no seu zelo apostólico.

Aos dezenove terminou o curso de humanidades no seminário de Domfront. O Bispo Dom Jouffroy de Gonssans o enviou para Angers, onde a formação dos seminaristas estava confiada aos Padres de São Sulpício. É aí que sua vida espiritual e intelectual se fortalecem, através de retiros regulares e estudos intensivos de filosofia e teologia.

1789, o ano em que as reivindicações populares pela reforma do estado e da igreja culminam na chamada Queda da Bastilha, marca também o terceiro e último ano de seminário para Dujarié.

A partir de 1790, a Igreja era submetida ao poder do Estado e a maior parte do clero necessitou viver em clandestinidade.

Para terminar seus estudos, Jacques foi obrigado a esconder-se no fundo de uma estrebaria e sua ordenação, em 1795, também aconteceu de forma secreta.

Padre Dujarié exerceu um ministério clandestino por mais de seis anos, percorrendo longas distâncias durante a noite, chegando a caminhar descalço na neve para consolar doentes e batizar crianças. Essa rotina deixou sua saúde debilitada, tornando-o vítima do reumatismo.

A perseguição estimulava sua fé, mas passado este período, Jacques Dujarié assumiu oficialmente , em 1803, a paróquia de Ruillé confirmando uma tarefa à qual ele já se dedicava há sete anos.

Todas suas iniciativas foram tomadas na direção dos pobres, doentes e para a educação dos jovens. Tendo sempre em mente esta opção, Dujarié fundou em 1810 a congregação das Irmãs da Providência e em 1823 a Instituição dos Irmãos de São José.

As duas entidades dedicavam-se, sobretudo, a oferecer instrução e formação religiosa a jovens de origem humilde que, de outra forma, jamais teriam real oportunidade.

Em 1835, após anos de luta à frente de suas importantes obras, Pe. Dujarié, já bastante debilitado, renunciou como Superior do Instituo dos Irmãos de São José e nomeou como seu sucessor o Pe. Basílio Moreau.

No dia 17 de fevereiro de 1838, o Pe. Jacques Dujarié rendeu a Deus o seu espírito com a mesma fé com que lhe havia dedicado toda sua vida.